sexta-feira, 21 de maio de 2010

Desafio todos os leitores deste blogue a contribuírem para esta rubrica (Cenas Memoráveis da Sétima Arte). Pode ser uma cena ou um pormenor, seja técnico ou de representação, do vosso filme favorito ou de um outro qualquer filme que, por alguma razão, emocional ou técnica, vos marcou. Basta uma pequena descrição da cena ou um pequeno apontamento que justifique a escolha, o nome do filme e, eventualmente, o vosso apelido e blogue. O mail é, como sempre, filhodo25deabril [at] gmail.com.

5 comentários:

Tita - Uma mulher, Um blog, algumas palavras disse...

Porque não: capitães de Abril....que marca por tudo, pela história, as personagens, as músicas, as imagens.

Samir Machel disse...

No arrastao de hoje há muito filme na rede...

Alicia disse...

Há uma cena de um filme que jamais esquecerei, apesar de o ter visto há muito, muito tempo:

Em cena Ana Magnani, descabelada, vestida de negro, desafia um garanhão, igualmente negro, de crinas soltas no vento, erguido sobre as patas traseiras - dois animais magníficos, frente a frente - em presença de Anthony Queen, força bruta sem a nobreza do animal, e de um Clark Gable já desgastado, mas com o seu inconfundível sorriso.

Filme a preto e branco: Wilde is the wind, de Cukor.
Absolutamente inesquecível, essa cena.

Daniele disse...

Sugiro a cena de "E o vento levou..." em que Scarlett, à procura do doutor atravassa um hediondo campo de mortos e feridos que só é revelado de acordo com o afastamento da câmera.

Brilhante!

tugga disse...

Filme: O Nome da Rosa. Porquê... não, é o meu filme favorito.